in

Bruno Henrique ganha R$ 1 milhão a menos que Gabigol e aumento salarial é cogitado

O atacante Bruno Henrique foi um dos grandes destaques do Flamengo na temporada. Não à toa, ele acabou eleito o melhor jogador da Copa Libertadores da América e do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Na final do Mundial de Clubes, contra o Liverpool, o atacante tentou algumas jogadas e foi elogiado até por jogadores do time inglês. Bruno Henrique foi escolhido o segundo melhor jogador do torneio.

Para muitos analistas, o camisa 27 foi o principal jogador do Flamengo em 2019, apesar dos muitos gols marcados pelo atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol.

Publicidade

Bruno Henrique ganha bem menos que Gabigol

O atacante chegou ao Flamengo no início do ano, após ser contratado junto ao Santos. O jogador recebe salário de cerca de R$ 270 mil mensais. Se o valor é alto para qualquer brasileiro comum, é baixo entre as principais estrelas do Flamengo.

Publicidade

Gabigol, por exemplo, tem o salário mais alto do elenco. O jogador que esteve emprestado pela Inter de Milão recebeu R$ 1.25 milhão todos os meses. Isso é praticamente R$ 1 milhão a mais que Bruno Henrique.

Publicidade

Bruno Henrique terá aumento salarial

O staff de Bruno Henrique viajou para a Europa e Ásia para ouvir propostas pelo jogador. Apesar da viagem, o camisa 27 deve permanecer no Flamengo e o clube trabalha para lhe dar um aumento salarial. Neste caso, também haveria aumento do tempo de contrato para até 2023.

Além de Gabigol, Everton Ribeiro e Arrascaeta também ganham mais que Bruno Henrique. Por tudo o que jogou neste ano e pela forma como foi decisivo, o aumento salarial é muito justo. Em 2020, o atacante vai continuar ajudando o Flamengo dentro de campo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!