in

Goleiro Bruno gera marketing espontâneo e Operário-MT quer fechar com ele

O Operário de Várzea Grande está interessado em contratar o goleiro Bruno. Ele está em regime semiaberto e pode trabalhar fora da cadeia.

Publicidade

Bruno foi condenado a mais de 20 anos, em 2013, pela morte da modelo e sua ex-namorada Eliza Samudio. Os dois tiveram um filho que era pequeno quando Eliza foi brutalmente morta.

À época, em 2010, Bruno era goleiro do Flamengo e ídolo da nação rubro-negra. O jogador deixou o clube, foi preso, mas não abandonou a carreira de jogador.

Publicidade

Bruno quer jogar em 2020

O goleiro Bruno deve ser contratado pelo Operário neste ano. Ano passado, o jogador foi contratado pelo Poços de Caldas, mas nem jogou. O contrato foi rescindido. Bruno também já havia defendido o Boa Esporte.

Publicidade

A coincidência por trás do interesse do Operário por Bruno atende pelo nome de Roberto Moraes, hoje diretor de futebol do time do Mato Grosso. Moraes era diretor do Boa Esporta quando Bruno esteve por lá.

Publicidade

Contratação de Bruno gera marketing

A contratação do goleiro Bruno pelo Operário geraria marketing espontâneo ao clube mato-grossense, que já disputou a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, mas hoje é conhecido apenas pelos torcedores do estado do Mato Grosso.

Aos 35 anos, Bruno quer voltar a jogar futebol de qualquer jeito. Como é goleiro, o atleta pode estender a carreira, tranquilamente, até os 40 anos. Muitos outros goleiros do futebol brasileiro chegaram aos 40 anos ou mais atuando em bom nível.

Bruno não tem mais espaço em grandes centros do futebol e deve se contentar em defender um clube de menor expressão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!