in

Santos deve lucrar milhões após acordo entre Flamengo e Inter; entenda

A novela da contratação de Gabigol pelo Flamengo parece finalmente ter chegado ao fim. A negociação com a Inter de Milão é de 17 milhões de euros, algo em torno de R$ 78,6 milhões, tornando a mais cara da história do futebol brasileiro.

Publicidade

O contrato é válido por cinco temporadas, com término no final de 2024. Mas Flamengo e Inter não são os únicos interessados que esperam lucrar com a situação. Quem também está de olho numa fatia desse dinheiro é o Santos.

Isso porque o clube paulista é formador de Gabigol, onde ele atuou dos 12 aos 20 anos, tanto na base quanto no time profissional. Seu último retorno ao Brasil foi em 2018, já aos 22 anos, em um empréstimo cedido pelo clube italiano.

Publicidade

Criado no início dos anos 2000 pela Fifa, o Mecanismo de Solidariedade por Formação de Atleta prevê que 5% do valor total de transferências internacionais deve ser repassado ao clube que formou o atleta.

Publicidade

Mas, no caso do Santos, o percentual sofreu um reajuste, já que a regulamentação leva em consideração a idade em que o jogador esteve em formação. Ele começa com 0,25% entre os 12 e 15 anos e passa para 0,5 por ano entre os 16 e 23.

Publicidade

A regra ainda considera fatores como dias em que o jogador esteve contratado, por isso o Santos chegou a uma porcentagem de 3,71%, cerca de R$ 3 milhões do valor total da transação. O Peixe deve receber o valor depois de 30 dias que o Flamengo efetuar o pagamento a Inter de Milão.

O Flamengo anunciou nesta terça-feira (28), de forma oficial, a contratação do artilheiro do Campeonato Brasileiro e da Libertadores em 2018, levando os torcedores a loucura nas mídias sociais. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Beka Assis

Redatora e curiosa, é uma entusiasta de gadgets, jogos e utilidades. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.