in

Jorge Jesus e a mensagem irônica aos anti-flamenguistas: ‘cheirinho?’

Não é exagero dizer que a história do Flamengo pode ser dividida em duas: antes e depois de Jorge Jesus. O treinador português chegou ao Fla em junho do ano passado e já entrou para a história.

Publicidade

Mister, como é chamado pela torcida, montou um time ofensivo, que joga para a frente a todo momento e que conquistou dois títulos importantes: a Copa Libertadores da América depois de 38 anos e o Campeonato Brasileiro.

O treinador tornou-se ídolo da torcida rubro-negra e todos querem que ele renove seu contrato, que vence em maio.

Publicidade

Jorge Jesus ironiza adversários

Na entrevista coletiva para falar sobre a Supercopa do Brasil, que reúne o campeão do Brasileirão e o campeão da Copa do Brasil, o treinador português comentou uma provocação antiga dos rivais.

Publicidade

Em uma das perguntas, o assunto foi o “cheirinho”. “Ganhar Libertadores e Brasileiro é cheirinho? Não devem ter olfato”, ironizou Jorge Jesus, ao responder pergunta que era direcionada para Wellington e Diego Ribas.

Publicidade

Cheirinho atormentou Flamengo

Adversários do Rio de Janeiro e de outros estados começaram a fazer a piada do “cheirinho” para provocar o Flamengo, que esteve perto de alguns títulos importantes, como o Brasileirão, e não conquistou.

A piada só perdeu força em 2019, quando o time de Jorge Jesus conquistou Brasileirão e Libertadores. No primeiro turno, sob o comando de Abel Braga, o Flamengo havia conquistado o Campeonato Carioca.

Com três títulos no ano, o Flamengo sentiu o cheiro das taças e foi até o fim para conquistá-las. A piada dos adversários perdeu sentido, mas pode voltar com tudo se o Fla não conquistar títulos neste ano.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!