in

Flamengo e o gasto de R$ 157 milhões para conquistar o tri da Libertadores

O Flamengo inicia a caminhada por mais um título da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira (4). Na Colômbia, o time brasileiro encara o Junior Barranquilla e chega credenciado pelo título do ano passado e pelo bom futebol que tem apresentado. O Flamengo vai em busca de um feito inédito na sua história: conquistar a Libertadores por dois anos seguidos. Este feito, aliás, é para poucos.

Publicidade

No Brasil, apenas Santos e São Paulo venceram torneio duas vezes seguidas. O Peixe ficou com a taça em 1962 e 1963. O Tricolor alcançou tal feito em 1992 e 1993. O time de Telê Santana teve a chance de chegar ao tri, em 1994, mas perdeu a decisão nos pênaltis.

Flamengo investe pesado para conquistar Libertadores

Com dinheiro para investir, o Flamengo gastou R$ 157,7 milhões com contratações. A mais cara delas foi a de Gabigol, que custou cerca de R$ 86.2 milhões aos cofres do Rubro-negro. O Fla também contratou o atacante Michael por R$ 37 milhões e o zagueiro Léo Pereira por R$ 34,5 milhões.

Publicidade

Os atacantes Pedro e Pedro Rocha e o volante Thiago Maia chegaram por empréstimo. O zagueiro Gustavo Henrique foi contratado sem custo porque havia encerrado o contrato com o Santos. Isso significa que dos sete reforços para a temporada, apenas três deles tiveram algum custo envolvido.

Publicidade

Rivais brasileiros gastaram menos que o Flamengo

Das equipes brasileiras que estão na Libertadores, com exceção do Corinthians, eliminado na segunda fase do torneio, o Palmeiras foi o segundo que mais gastou: R$ 56 milhões – R$ 29 milhões na contratação do atacante Rony e R$ 27 milhões na contratação de Matias Viña. O Inter gastou R$ 29 milhões ao contratar o meia Gabriel.

Publicidade

O São Paulo investiu R$ 24,1 milhões. Desse montante, R$ 22 milhões foram gastos na contratação do goleiro Tiago Volpi. O lateral-direito Igor Vinícius custou R$ 2,1 milhão. O Grêmio gastou R$ 3,1 milhões para assinar com o goleiro Vanderlei. O Athletico-PR gastou apenas R$ 500 mil para trazer o volante Fernando Canesin. O Santos não gastou nada. As chegadas de Madson e Raniel não tiveram custos. Somando todos os clubes, os gastos foram de R$ 112 milhões – R$ 45 milhões a menos que o Flamengo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!