in

Moisés é eleito o grande vilão do Grenal dos 8 jogadores expulsos

Grêmio e Inter se enfrentaram pela primeira vez na Copa Libertadores da América. O confronto, disputado na Arena do Grêmio, terminou empatado sem gols, mas o que chamou a atenção foi o número de expulsões no confronto: oito. Quatro jogadores de cada receberam o cartão vermelho, após confusão generalizada no segundo tempo.

Publicidade

Pelo lado do Grêmio, foram expulsos Paulo Miranda, Caio Henrique, Luciano e Pepê. Do lado do Internacional, Praxedes, Victor Cuesta, Edenilson e Moisés receberam o cartão vermelho e deixaram a partida antes do fim.

Moisés e Pepê iniciaram confusão

A confusão começou em um lance envolvendo Moisés e Pepê, na lateral do campo. O jogador do Colorado fez a falta, e Pepê levantou reclamando. Moisés não deixou quieto e começou esbrevejar. A partir daí, outros jogadores se envolveram na confusão. Luciano e Edenílson, por exemplo, trocaram sopapos.

Publicidade

Paulo Miranda saiu do banco de reservas e foi para cima de Moisés. A confusão se alastrou pelo gramado. Alguns jogadores tentavam separar a briga e outros se envolviam na confusão generalizada. Na arquibancada, a torcida do Grêmio, em maioria, ficava em polvorosa. Os colorados, em um canto reservado na Arena, também se exaltavam.

Publicidade

Publicidade

Moisés é eleito vilão do clássico

O jogador do Internacional foi bastante criticado nas redes sociais. Para muitos internautas, ele foi o grande vilão do jogo, por ter iniciado a confusão. Muitos comentários sobre o assunto foram postados no Twitter. O jogo teve audiência no Facebook e teve pico de mais de dois milhões de espectadores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!