in

Abel Braga expõe situação caótica do Vasco e calote financeiro causa prejuízo

A situação do Vasco é uma das mais complicadas do futebol brasileiro. O time está na primeira divisão do Campeonato Brasileiro, mas passa por uma situação financeira difícil e atrasos salariais são mais do que comuns pelos lados de São Januário. Jogadores, comissão técnica e demais funcionários têm sofrido com todos os problemas financeiros da equipe.

Publicidade

Abel deixa o Vasco sem receber salário

Multicampeão no futebol, Abel Braga chegou ao Vasco no fim do ano passado para substituir Vanderlei Luxemburgo. Missão nada fácil. No ano passado, Luxa comandou um time limitado, mas conseguiu colocar a equipe na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

Abel Braga chegou no fim do ano e deixou o clube nesta segunda-feira (16), após pedir demissão. De acordo com o jornalista Paulo Vinicius Coelho (PVC) informou que Abelão não recebeu salário em nenhum dos três meses que trabalhou no clube.

Publicidade

Em meio a pressão por resultados por parte da torcida, Abel treinou, escalou e deu a cara em entrevistas após os jogos, mesmo sem ter recebido salário. Esse cenário mostra a situação delicada pela qual passa o Vasco.

Publicidade

Vasco procura treinador

O clube carioca procura um novo treinador, mas diante do cenário atual, de que Abel não recebeu salário, o novo profissional que vai assumir o clube também deve ter medo de trabalhar e os 30 dias do mês durarem 60, 90 ou sabe-se lá quantos dias. 

Publicidade

Pelo futebol que tem jogado, pelo elenco limitado e por toda a situação financeira, a torcida do Vasco sabe que a situação será muito delicada no Campeonato Brasileiro. O risco de rebaixamento, se nada mudar até lá, é real.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!