in

Flamengo e Globo deixam diferenças de lado e se unem para mudar calendário

Flamengo e Rede Globo não viveram um bom momento neste começo de ano. O clube acusado de ser aliado da emissora pelas torcidas rivais, bateu de frente com a detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Carioca e se recusou a assinar contrato.

Publicidade

A Globo pagou R$ 18 milhões a Botafogo, Fluminense e Vasco e queria pagar o mesmo valor para o Flamengo, que pediu R$ 100 milhões e depois abaixou a pedida para R$ 81 milhões. Não houve acordo e os jogos do clube no Campeonato Carioca não foram exibidos. 

Apenas a partida contra a Portuguesa-RJ, com portões fechados, foi exibida pelo Globoplay e pelo Globo Esporte. Mas algo está unindo Globo e Flamengo neste momento difícil do futebol brasileiro, paralisado devido à pandemia do novo coronavírus.

Publicidade

Globo e Flamengo unidos para não ter mais Estaduais em 2020

De acordo com o jornalista Cosme Rímoli, do R7, a Globo está unida com várias equipes grandes, incluindo o Flamengo, para que não haja mais disputa de Estaduais em 2020. O futebol está paralisado, sem previsão de retorno, e os Estaduais não acabaram.

Publicidade

Segundo Rímoli, o entendimento de grandes clubes é o de que é melhor começar a disputa do Brasileirão, assim que o futebol voltar. Os clubes não querem a competição enxuta e com mata-mata. É importante para a saúde financeira dos clubes os 38 jogos do Brasileirão

Publicidade

Brasileirão rende muito mais dinheiro

A torcida é muito mais ligada ao Brasileirão do que aos Estaduais. Os clássicos que agitam os Estaduais também acontecem no Brasileirão – os quatro grandes do Rio, por exemplo, estão na competição. Além disso, o dinheiro com pay-per-view é importante e a renda das partidas é muito maior que a dos torneios locais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!