in

Ronaldinho deixa prisão, mas sofre duro castigo que nem poderia imaginar

Ronaldinho teve uma reviravolta em sua vida desde o dia 4 de março. Nesta data, ele desembarcou em um aeroporto de Assunção, capital do Paraguai, ao lado do irmão Roberto Assis. Os dois se dirigiram a uma sala ainda dentro do aeroporto onde pegaram cédulas de identidade e passaportes falsos.

Publicidade

No mesmo dia, Ronaldinho e Assis receberam a visita de autoridades policiais e foram detidos. Dois dias depois, por decisão da Justiça, os brasileiros foram encaminhados à prisão, onde ficaram por 32 dias, enquanto as investigações eram realizadas e a defesa dos brasileiros tentassem levá-los para a prisão domiciliar.

Ronaldinho deixou prisão e foi para hotel

Ronaldinho deixou a Agrupación Especializada de Assunção, no Paraguai, na última terça-feira (7), após a defesa tentar pela quarta vez um pedido de prisão de domiciliar. O juiz Gustavo Amarilla aceitou o pedido, mas o Ministério Público do Paraguai recomendou que eles fossem acompanhados pela polícia.

Publicidade

Os brasileiros e seu staff estão em um hotel de Assunção. O local tem diárias de quase R$ 2 mil. Apesar de todo o luxo, a vida de Ronaldinho está mais dura agora do quando ele estava preso ao lado de integrantes do crime organizado e de ex-policiais que cometeram crimes.

Publicidade

Vida em hotel não está nada fácil

Ronaldinho mantém contato com a mãe, usa a internet, mas mesmo assim, de acordo com o jornal argentino Olé, o confinamento é muito pior agora. Ronaldinho fica basicamente restrito a seu quarto e não tem mais as partidas de futebol de salão e de futevôlei para relaxar, como tinha na prisão. O confinamento no hotel é um castigo que nem mesmo Ronaldinho esperava.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!