in

De saída do Santos? José Carlos Peres pode perder esse craque: ‘interesse da Europa’

Se em campo a bola não pode rolar até que a pandemia do novo coronavírus seja superada, fora das quatro linhas o mercado da bola vem esquentando os bastidores. No Santos, os cartolas trabalham para manter as contas em dia e tentam manter o elenco diante do assédio europeu.

Publicidade

De saída?

O Santos não estava sequer entre os favoritos ao título do Campeonato Brasileiro no início de 2019, no entanto, o elenco acabou surpreendendo sob comando de Jorge Sampaoli e vários jogadores ganharam destaque no mercado nacional e internacional.

Dentre os nomes que mais se destacaram, alguns foram cogitados e até mesmo tiveram propostas oficiais de outros gigantes da Série A. Não foi diferente com o meia-atacante Yeferson Soteldo, de 22 anos de idade, que esteve perto do Atlético-MG.

Publicidade

O jogador continua apresentado alto nível de futebol e agora chama a atenção de clubes importantes da Europa. Torino e Inter de Milão surgiram como principais destinos possíveis nas últimas horas e, para avançar e concretizar o reforço, o clube interessado terá que investir R$ 171 milhões de reais.

Publicidade

Pandemia facilita ou dificulta a venda?

A pandemia do novo coronavírus tem grande impacto financeiro nos clubes de futebol e, por este motivo, a venda de jogadores pode ser uma saída para manter as contas em dia. Por outro lado, os clubes interessados podem não contar também com boa saúde financeira no momento e isso dificultaria tamanho investimento.

Publicidade

O mais provável é que os clubes tentem um acordo com o Santos para reduzir os valores pedidos por Soteldo ou, até mesmo, uma oferta de venda em parcelas ou empréstimo com obrigação de compra.

E para você torcedor, o Santos deveria vender Yeferson Soteldo para manter as contas em dia ou a permanência do camisa 10 é o melhor caminho para o clube na temporada? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Publicidade
Publicidade