in

Jogador da Inter faz revelação impactante sobre o coronavírus: ‘Não estou brincando’

A pandemia do coronavírus impactou diretamente o futebol mundial, suspendendo quase todas as competições e deixando um cenário de indefinição no ar. A Itália, um dos primeiros epicentros da doença teve que suspender as suas atividades esportivas imediatamente diante da disseminação do vírus. Contudo, apesar do primeiro caso oficial só ter sido diagnosticado no dia 31 janeiro, o jogador Romelu Lukaku, da Inter de Milão, fez uma revelação chocante acerca do assunto.

Publicidade

Em entrevista via Instagram para o canal belga VIER, o atacante revelou que antes do primeiro caso ser oficializado no país, boa parte dos jogadores da Inter voltaram de folga apresentando sintomas semelhantes aos que uma pessoa infectada com o coronavírus tem.

“Tivemos uma semana de folga em dezembro, voltamos ao trabalho e juro que 23 dos 25 jogadores estavam doentes. Não estou brincando”, disse Lukaku.

Publicidade

“Jogamos contra o Cagliari, de Radja Nainggolan (em 26 de janeiro) e, após cerca de 25 minutos, um de nossos defensores teve que deixar o campo. Ele não pôde continuar e quase desmaiou”, conta o belga se referindo à Milan Skriniar.

Publicidade

Lukaku ainda revelou que quando estava no aquecimento do jogo em questão se sentiu muito mais quente do que o habitual, e que todos os jogadores estavam tossindo e com febre.

Publicidade

Números impactantes

Logo após a China registrar inúmeros casos do coronavírus, a Itália se tornou o grande epicentro da pandemia. Atualmente em um ritmo menos acelerado, o país computa quase 184 mil pessoas infectadas e mais de 24 mil mortes confirmadas. A nível mundial, a nação italiana aparece como a terceira região mais afetada pela Covid-19, ficando atrás somente dos Estados Unidos e Espanha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade