in

Coronavírus: federação define 16 de maio como data do retorno do futebol no Brasil

O futebol brasileiro está paralisado desde o mês passado. A pandemia causada pelo novo coronavírus fez com que as federações e a CBF suspendessem todas as competições para evitar a disseminação do vírus por todo o país. Os torneios estaduais, por exemplo, ainda correm o risco de serem cancelados por falta de datas.

Publicidade

A Copa do Brasil também foi suspensa. O Campeonato Brasileiro começaria a ser disputado em maio, mas ainda não há certeza sobre a data de início da competição nacional. Há quem fale em junho para que isso aconteça, mas nada está definido. O que há, por enquanto, são apenas especulações.

Santa Catarina quer ter futebol em maio

A Federação Catarinense de Futebol pode ser a primeira a retornar com as competições em solo nacional. A ideia da entidade é reiniciar o Campeonato Catarinense no dia 16 de maio. Para que isso aconteça, é necessário que a FCF tenha o aval da CBF.

Publicidade

A entidade estadual elaborou um documento com a participação da Associação Nacional dos Clubes. As regras seriam rígidas. Todos os envolvidos na partida teriam que fazer exames prévios para provar que não estão infectados com o novo coronavírus. Os jogos seriam com portões fechados e os torcedores não poderiam ficar ao redor do estádio.

Publicidade

Estado reabre comércios e futebol pode voltar a ser disputado

Até o último domingo, Santa Catarina havia registrado 1.025 casos de coronavírus e 35 mortes. O número baixo fez com que a reabertura gradual do comércio se tornasse realidade. Dependendo do que acontecer nos próximos dias, a CBF pode autorizar o retorno do Campeonato Catarinense. Seria a volta do futebol em território nacional.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!