in

Flamengo tenta amenizar crise financeira e dois jogadores estão de saída

A paralisação do futebol causada pela pandemia do novo coronavírus está afetando os clubes brasileiros. Os torneios estaduais e a Copa do Brasil foram paralisados e não há previsão do início do Campeonato Brasileiro. Além disso, Libertadores e Sul-Americana também estão suspensas.

Publicidade

Os clubes perdem dinheiro. Sem jogos, não há bilheteria, a Rede Globo não pagou a última parcela referente aos estaduais e algumas equipes estão perdendo patrocinadores. Os salários dos jogadores, comissão técnica e demais funcionários, tem que continua sendo pagos. A crise chegou para todos.

Flamengo deve dispensar dois jogadores

Em meio à paralisação, nem mesmo o Flamengo, que teve receita de R$ 950 milhões no ano passado, deve escapar da crise. De acordo com o canal Fox Sports, a equipe presidida por Rodolfo Landim prepara mudanças e dois jogadores devem sair. O objetivo do Rubro-negro é eliminar despesas.

Publicidade

Quem deve sair são o atacante Orlando Berrío e o volante Piris da Motta. O primeiro é colombiano e o segundo é paraguaio. Berrío chegou ao Flamengo em 2017 e foi cotado para atuar como lateral-direito neste ano, devido a grande concorrência no setor avançado.

Publicidade

Piris da Motta perdeu espaço

O volante perdeu o espaço que tinha na reserva do Flamengo com a chegada de Thiago Maia. Aos 25 anos, o jogador deve ser uma das opções para deixar a Gávea. Enxugar elenco é uma prática comum em clubes de futebol diante das crises. A folha de pagamento do Flamengo é muito alta e qualquer saída é importante para aliviar as despesas mensais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!