in

Cafu, aos 49 anos, mostra que ainda tem muita habilidade e vídeo viraliza

Cafu deixou o futebol em 2008 e já havia colocado seu nome na história do esporte como um dos grandes laterais. Cafu conquistou mais de 20 títulos ao longo da carreira iniciada profissionalmente no São Paulo, no início dos anos 1990. Só neste ano foram dez títulos conquistados, entre Paulistão, Campeonato Brasileiro, Libertadores, Mundial, entre outros.

Publicidade

Cafu também foi campeão paulista pelo Palmeiras, em 1996. Antes disso, ele havia vencido a Recopa Europeia pelo Real Zaragoza. Na Roma, foram mais dois títulos. Pelo Milan, outros seis, entre Champions League e Mundial de Clubes. Pela seleção brasileira, o lateral-direito foi campeão da Copa do Mundo de 1994 e 2002 e venceu também a Copa das Confederações (1997) e a Copa América (1997 e 1999).

Cafu dá chapéus em vídeo 

Em casa devido a quarentena causada pelo novo coronavírus, Cafu aproveitou o tempo para dar chapéus durante uma brincadeira de futebol. No que parece ser a sala de sua casa, o jogador distribui chapéus em seu companheiro de bate-bola. São quatro seguidos. O vídeo tem sido bastante comentado nas redes sociais. 

Publicidade

Capitão do penta reedita lance com Nedved

No Campeonato Italiano da temporada 2000-01, Cafu foi protagonista de um lance que entrou para a história do futebol. Em partida da Roma contra a Lazio, o lateral-direito deu três chapéus seguidos em Nedved, que à época era o melhor jogador do time adversário. 

Publicidade

O vídeo com o lance é muito acessado e comentado até hoje. Depois de dar três chapéus em Nedved no campo de defesa, Cafu, sem deixar a bola cair, daria mais um em Simeone, mas foi derrubado pelo volante argentino.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!