in

Marcinho no Flamengo? Renovação do lateral-direito com o Botafogo fica muito difícil

O Flamengo não esconde de ninguém que segue de olho no mercado da bola em busca de um reforço para a lateral-direito. O clube tem em Rafinha o titular absoluto da posição, mas procura um reserva que possa substitui-lo à altura quando for preciso. Rafinha já é um veterano e caminha para o fim de sua carreira.

Publicidade

Quando o futebol voltar, o Flamengo terá Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadores da América para disputar. Não se sabe o que será do Campeonato Carioca, mas pode ser outro torneio a ser jogado. Em meio a tudo isso, ter elenco é importante.

Marcinho não deve renovar com o Botafogo

Lateral do Botafogo, Marcinho e seu staff querem um reconhecimento financeiro para renovar o contrato. O Fogão vive crise e não estaria disposto a fazer loucuras. Marcinho se destacou no ano passado e foi até convocado para a seleção brasileira. O contrato do atleta chega ao fim em dezembro.

Publicidade

“O Marcinho e o empresário dele tem muito tempo que querem sair do Botafogo. Não querem nem ouvir proposta. Então, não podemos fazer nada. Vamos esperar o fim do contrato. Depende dele, não podemos obrigar ninguém”, afirmou Carlos Augusto Montenegro, membro do Comitê Executivo de Futebol do Botafogo.

Publicidade

Marcinho pode reforçar o Flamengo

À procura de um lateral, a situação de Marcinho pode interessar bastante ao Flamengo, embora os dirigentes afirmem que o foco do momento é o combate da pandemia causada pelo novo coronavírus. Flamengo e Botafogo não têm das melhores relações desde que Willian Arão trocou o Fogão pelo Mengão, em 2015. O caso foi parar na Justiça. Marcinho pode assinar pré-contrato com qualquer equipe em junho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!