in

Craque não doa dinheiro para combate ao coronavírus e chama a atenção no Instagram

Emanuel Adebayor é um dos maiores jogadores da história do futebol africano. Depois de brilhar em equipes como Real Madrid e Manchester City, na Europa, ele atua no Olímpia, do Paraguai, e caminha para o fim de sua vitoriosa carreira. Ao longo dos anos, ele colecionou títulos e acumulou dinheiro.

Publicidade

Em meio a pandemia causada pelo novo coronavírus, Adebayor virou notícia por ter se recusado a doar dinheiro para o governo de Togo, seu país natal. Em sua defesa, ele alegou que não doaria e ponto final. O atacante também evitou comparações com Samuel Eto’o, de Camarões, e Didier Drogba, de Costa do Marfim.

Adebayor posta mensagem edificante em meio a quarentena

Milionário, Adebayor passa a quarentena em uma mansão na cidade de Lomé, capital do Togo. O jogador estava no Paraguai quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou a pandemia. Adebayor pediu autorização ao clube e viajou para seu país.

Publicidade

O avião que o levava posou em Benin, país vizinho ao Togo, e Adebayor teve que ficar 15 dias em quarentena antes de chegar em sua casa. Pelas redes sociais, o atleta tem postado o seu dia a dia, com jogos de futebol, tênis e descanso em cadeiras confortáveis.

Publicidade

Publicidade

Nesta quinta-feira (21), Adebayor postou uma foto em que aparece levantando peso. Na legenda da foto postada no Instagram, ele exibiu uma mensagem positiva em inglês.
Continue acreditando! Há uma luz no fim do túnel”
, afirmou o jogador do time paraguaio. Seguido por mais de um milhão de pessoa, Adebayor foi elogiado pelos seguidores na rede social usada para postar fotos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!