in

Corinthians emite comunicado e lamenta morte de ex-treinador

O futebol brasileiro está de luto com a morte do treinador Oswaldo Alvarez, o Vadão, nesta segunda-feira (25). Vadão tinha 63 anos e estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde se tratava de um câncer no fígado. O treinador havia passado por sessões de quimioterapia.

Publicidade

Vadão não resistiu à doença e faleceu. O corpo do treinador seguirá para a cidade de Monte Azul, no interior de São Paulo, onde será velado. Pelas redes sociais, o Corinthians e outros clubes lamentaram o falecimento. Vadão era muito querido no cenário do futebol.

Corinthians lamenta morte de Vadão

Pelo Twitter, o perfil oficial do Corinthians no microblog postou uma mensagem lamentando a morte de Vadão. “O Sport Club Corinthians Paulista lamenta o falecimento do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, que comandou o Alvinegro durante parte da temporada de 2000. Desejamos muita força aos familiares e amigos do treinador, neste momento de luto e dor”, escreveu.

Publicidade

Vadão não conquistou título pelo Corinthians, mas ficou marcado na história do clube. Em meio à notícia de seu falecimento, recebeu a última homenagem do clube. Além do Timão, Vadão também treinou o São Paulo, Athletico-PR e outros clubes, além da seleção brasileira feminina.

Publicidade

Vadão começou carreira no Mogi Mirim

Em 1992, Vadão treinou o Mogi Mirim que fez história no Campeonato Paulista com o famoso Carrossel Caipira. A equipe do interior de São Paulo contava com Rivaldo naquela equipe. Foi o início da carreira do atleta que viria a ser eleito o melhor jogador do mundo em 1999.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!