in

Coronavírus: jogador de 25 anos morre e federação de futebol faz triste anúncio

A pandemia causada pelo novo coronavírus fez a primeira vítima no futebol profissional. Nos últimos meses, muitos jogadores foram diagnosticados com a Covid-19 (doença causada pelo coronavírus), no Brasil, na Europa e em outras partes do mundo, mas nenhuma vítima fatal havia sido registrada até o último sábado (30).

Publicidade

A Federação Boliviana de Futebol (FBF) anunciou no último sábado que Deibert Román Guzmán, de apenas 25 anos, morreu em decorrência da Covid-19. O jogador defendia o Club Universitário de Beni, da segunda divisão da Bolívia, e não resistiu à contaminação.

O atleta morava com o pai, Belisario Román, e o tio, Luis Carmelo Román, que faleceu por Covid-19 semanas atrás. A Bolívia registra cerca de 10 mil casos de Covid-19 e registrou 313 mortes até o momento.
O falecimento de Deibert virou assunto nas redes sociais. O mundo enfrenta a pandemia e mais de 370 mil mortes.

Publicidade

Federação Boliviana lamenta morte

A Federação Boliviana de Futebol (FBF) fez uma postagem lamentando a morte de Deibert Guzmán. “A Federação Boliviana de Futebol expressa suas sinceras condolências à família e aos amigos de Deibert Román Guzmán, pedindo a Deus renúncia e força nesses tempos difíceis”, diz o comunicado publicado pela entidade.

O Club Universitário Beni também emitiu comunicado, assinado pelo presidente, lamentado a morte do atleta. “Expressamos nossa dor e nossas sinceras condolências à família e amigos de Deibert Guzmán e oramos a Deus para lhes dar forças para superar esse difícil momento”, diz a nota assinada por Ángel Suárez.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!