in

Palmeiras pode vender Allianz Parque para fundos de investimentos por muitos milhões

O estádio Allianz Parque enche o torcedor do Palmeiras de orgulho. Inaugurado em 2014, a moderna casa palmeirense substituiu o acanhado Palestra Itália. A arena foi construída em parceira com a empresa WTorre, que administra o estádio por um período de 30 anos, até 2044, quando o estádio passa a ser exclusivamente do Verdão.

Publicidade

Desde a inauguração, o Palmeiras já comemorou dois títulos do Campeonato Brasileiro e um da Copa do Brasil no local. Os resultados dentro de campo são muito positivos no local. Entre eles, o fato de nunca ter perdido um clássico para o São Paulo jogando no novo estádio.

A torcida comparece em peso e isso gera muitas receitas ao Verdão. Nos primeiros cinco anos de estádio, foram R$ 310 milhões de faturamento. Em 2019, o Allianz Parque foi o responsável por 25% da receita do Palmeiras. O Verdão fatura com os ingressos e outros percentuais relativos à arena. A W.Torre também utiliza o local.

Publicidade

Fundos de investimentos podem comprar Allianz Parque

De acordo com o jornalista Jorge Nicola, no Yahoo, há fundos de investimentos interessados em comprar o Allianz Parque. A informação foi dada pelo ex-presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo. Ele será o responsável pelo acordo com estas empresas.

Publicidade

Segundo Nicola, os fundos de investimentos viram no Allianz Parque uma grande capacidade de gerar receitas e se interessaram pelo negócio. O valor não foi revelado, mas gira em torno de muitos milhões. Além do futebol, a casa palmeirense costuma receber muitos shows. A modernidade da Arena e a proximidade do Metrô fazem do estádio um ótimo local para megaeventos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!