in

Atlético-MG e os R$ 56 milhões em reforços para Jorge Sampali

Jorge Sampaoli chegou ao Atlético-MG pouco antes de o futebol brasileiro ser paralisado devido a pandemia causada pelo novo coronavírus. Para fechar contrato com o Galo, depois de recusar o Palmeiras no fim do ano passado, Sampaoli recebeu a promessa de que contratações seriam feitas.

Publicidade

O objetivo do treinador e da diretoria do Galo é que o clube brigue na parte de cima da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Para isso, a equipe mineira terá que jogar de igual para igual com Flamengo, Palmeiras, Grêmio, São Paulo, entre outros.

Atlético-MG investe mais de R$ 50 milhões em negociação

O Atlético-MG tem reforçado a equipe de Sampaoli. O zagueiro Bueno foi contratado por empréstimo junto ao Kashima Antlers por 300 mil dólares (R$ 1,6 milhão na cotação atual). Para contrar o jogador em definitivo, o Galo terá que pagar R$ 5 milhões. O volante Alan Franco, do Independiente del Valle, foi contrato por 2,5 milhões de dólares (R$ 13,4 milhões).

Publicidade

Outro reforço já confirmado é o volante Léo Sena, do Goiás, contratado por R$ 4,4 milhões. Os negócios não param por aí. A chegada de Marrony por R$ 20 milhões é praticamente certa, de acordo com o jornalista Jorge Nicola. Keno deve ser o quinto reforço. O custo é de R$ 17 milhões. Estas duas últimas contratações não foram anunciadas oficialmente.

Publicidade

Com os reforços, o time de Sampaoli deve brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. Pelo menos essa é a expectativa da diretoria e da torcida. Após eliminação na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, o Galo só disputará o Brasileirão no segundo semestre.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!