in

Arena Corinthians muda de nome e atualiza perfil em rede social: ‘me chamem pelo nome’

A Arena Corinthians não existe mais. Na madrugada de segunda para terça-feira (1), data em que o Corinthians comemorou mais um ano de existência (110 anos, o clube foi fundado em 1910), o estádio, enfim, foi batizado com o seu naming rights.

Publicidade

Desde que a Arena foi inaugurada, em 2014, pouco antes da Copa do Mundo, o Corinthians estava atrás de uma empresa para colocar seu nome no estádio e desembolsar uma bolada para isso. A partir de agora, o estádio do Timão passará a ser chamado de Arena Neo Química. 

A farmacêutica vai desembolsar R$ 300 milhões em 20 anos. Serão R$ 15 milhões por ano. O valor é alto, mas insuficiente para quitar as dívidas de mais de R$ 500 milhões. Resta saber também se o torcedor e a mídia vão se acostumar a chamar a arena pelo seu novo nome.

Publicidade

Nas redes sociais, o perfil oficial do estádio fez uma postagem bem-humorada para falar sobre o novo nome. “Oi, sumidos! Tanta coisa nova, né… Me sigam que eu vou contando. Mas me chamem pelo nome, viu?”, escreveu o perfil oficial no Twitter. O perfil oficial do Corinthians na mesma rede social compartilhou a mensagem.

Publicidade

Para alguns, o campo do Corinthians se chama Itaquerão, em referência ao bairro onde está localizado, na zona leste da cidade de São Paulo. Outros o chamam assim de modo pejorativo. Na Copa do Mundo, seguindo os padrões da Fifa, o estádio foi chamado de Arena de São Paulo. Desde terça-feira, porém, surgiu a Arena Neo Química. O Corinthians trabalha nos bastidores para que a imprensa, especialmente a Globo, chame o estádio da forma correta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!