in

Vem mesmo? Vice de futebol do Grêmio fala sobre possível contratação de Cavani

Os últimos dias têm sido marcado por uma grande expectativa do torcedor do Grêmio acerca de uma possível chegada do atacante Edinson Cavani. Na última terça-feira (15), o clube gaúcho completou 117 anos de história, e os tricolores ansiavam receber o sonhado anúncio do craque uruguaio durante a festa de aniversário, transmitida na web, fato que não aconteceu.

Publicidade

Em entrevista à Gaúcha ZH, o vice-presidente de futebol do Grêmio, Paulo Luz, falou novamente sobre o assunto. 

“Criou-se uma expectativa em um vazio. Nós, dirigentes, sabíamos que isso não iria acontecer. Infelizmente, criou-se esta possibilidade de anúncio no evento de aniversário”. 

Publicidade

Concentrado junto com a delegação para o confronto diante da Universidad Católica, nesta quarta (16), pela Copa Libertadores, o dirigente reforçou que o Grêmio nunca esteve próximo de fechar a negociação pelo uruguaio.

Publicidade

“Nós, como dirigentes, teríamos muita vontade de que isso pudesse se tornar realidade. O nosso torcedor tem de tomar ciência de que entre o sonho e a realidade, existe um espaço gigantesco. Não temos condições de competir com os clubes europeus e com o dólar. É um negócio inviável”, cravou Paulo Luz, garantindo que as cifras condizentes com o perfil do atacante não são dentro da realidade do clube gaúcho.

Publicidade

Disponível no mercado

Depois de sete temporadas defendendo as cores do Paris Saint-Germain, Cavani optou por não renovar contrato com a equipe francesa. Segundo o Transfermarkt, o atacante de 33 anos tem valor de mercado de 20 milhões de euros. Além do Tricolor, Cavani tem sido cotado na Juventus, da Itália, e no Fenerbahce, da Turquia.

Com quatro tentos somados, o Grêmio ocupa a vice-liderança de sua chave, e na próxima semana mede forças contra o arquirrival Internacional, no segundo Gre-Nal na história da Libertadores, que possivelmente valerá a ponta da chave.

Publicidade
Publicidade
Publicidade