in

Renato desabafa após derrota do Grêmio, e diretoria cogita demissão na comissão técnica

O Grêmio perdeu para a Universidad Católica, no Chile, em partida da Copa Libertadores da América, na noite desta quarta-feira (16). O resultado negativo pesou bastante. O time jogou muito mal e foi alvo de críticas nas redes sociais e na imprensa. Com o resultado, o Imortal segue na segunda posição, com quatro pontos. O Inter lidera com sete. Na próxima semana, as duas equipes se enfrentam.

Publicidade

Após a partida, Renato Portaluppi comentou o desempenho da equipe. Segundo o treinador, a partida contra a Católica foi a pior do time no ano. “E, com certeza, foi a melhor atuação da Católica no ano“, afirmou o comandante, citando o time chileno.

Renato também falou das ausências. Oito jogadores não estiveram disponíveis para a partida. O treinador do Imortal afirmou que confia em todo o seu grupo – 40 jogadores foram inscritos para a Libertadores – mas citou a falta de entrosamento entre os que não são titulares.

Publicidade

“Às vezes, a gente precisa mudar o esquema devido à ausência de muitos jogadores. É como eu disse, às vezes, os jogadores se desencontram dentro de campo por conta do entrosamento. É uma coisa normal”, finalizou o treinador, visivelmente chateado com o resultado da partida.

Publicidade

Comissão técnica do Grêmio deve ter demissão

A derrota para a Católica desagradou o presidente do clube, Romildo Bolzan. De acordo com as informações divulgadas pela Rádio Gaúcha, deve ocorrer demissão. O preparador físico do clube, Márcio Meira, tem desagradado à diretoria e corre grande risco de ser demitido do cargo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!