in

Fernando Diniz explica porque demorou para realizar substituições contra o River Plate

O São Paulo recebeu o River Plate, no Morumbi, na noite desta quinta-feira (17), em partida válida pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. O empate por 2 a 2 não foi um bom resultado e deixa o Tricolor em situação complicada no torneio continental.

Publicidade

O treinador Fernando Diniz foi bastante criticado após a partida pela demora para fazer substituições. Nas redes sociais, muitos são-paulinos perderam a paciência contra o comandante. Em entrevista coletiva, Diniz explicou a demora para mudar para o time.

Segundo ele, a equipe jogou bem e esteve mais perto de ganhar a partida do que o River Plate. Diniz disse também que não faz substituição apenas por fazer. “Achei que se fizesse antes não ia ter o efeito que gostaria. Então, tive um pouco mais de paciência e fiz no momento que achei adequado”, disse o treinador do Tricolor.

Publicidade

Fernando Diniz também elogiou a entrega dos jogadores em campo. Segundo ele, apesar de poder ter jogado melhor e vencido a partida, não faltou luta para a equipe. “Faltou calma nas chances que tivemos e não vacilar como vacilamos nos gols do River”, afirmou o comandante.

Publicidade

Com o resultado, o São Paulo e o River chegaram aos quatro pontos, mas os argentinos levam a melhor pelo saldo de gols e ocupam a segunda posição. O Tricolor agora disputa duas partidas fora de casa. Na terça-feira (22), encara a LDU, no Equador. No dia 30, visita o River Plate, na Argentina. Por fim, encerra a participação na fase de grupos em outubro, contra o Binacional.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!