in

Renato Gaúcho rechaça crise e causa polêmica ao disparar contra jornalistas

Jogando sob seus domínios, o Grêmio acabou ficando no empate em 1 a 1 com o Palmeiras neste domingo (20), na Arena. Apesar da equipe computar mais um empate, o resultado não foi tão lamentado pelo técnico Renato Gaúcho, uma vez que seus comandados perdiam por 1 a 0 até os acréscimos do embate, quando Ferreira fez gol e decretou a igualdade.

Publicidade

Na coletiva pós-jogo, o treinador do Tricolor exaltou o poder de reação do seu time, e negou que o clube esteja em crise ou vivenciando uma má fase. 

“O pior momento do Grêmio está na cabeça de vocês. Na minha não está. A fase sabemos que não é boa. Não é ruim nem péssima. Por todos problemas que temos. Respeito a opinião de vocês, mas esse momento que vocês falam, crise horrível, na minha cabeça não entra. Daqui a pouco quando saírem todos do departamento médico, a gente conversa”, disparou Renato Gaúcho. 

Publicidade

Balanço ruim

Em seus 10 últimos compromissos, o Grêmio acumula apenas duas vitórias. O restante deste retrospecto é complementado por cinco empates e três derrotas, isto envolvendo três competições distintas. 

Publicidade

Passadas 10 partidas do Campeonato Brasileiro, o Imortal figura na modesta 11ª posição, com 13 tentos somados. O empate diante do Palmeiras foi o quinto jogo sem vitória do Imortal na Arena, figurando assim como a maior sequência negativa desde a inauguração da nova casa.

Publicidade

Com a “chave virada”, os comandados de Renato Gaúcho agora colocam as suas atenções para a disputa do Gre-Nal, marcado para esta quarta-feira (23), no Beira-Rio, pela 4ª rodada da fase de grupos da Libertadores.

Derrotado pela Universidade Católica na rodada passada, o Tricolor chega pressionado para conseguir um bom resultado diante do arquirrival, no intuito de amenizar a pressão e não ficar em uma situação crítica na competição internacional.

Publicidade
Publicidade
Publicidade