in

Luto no esporte: ginasta de 31 anos é encontrada morta no Paraná

O esporte brasileiro está de luto. Morreu nesta sexta-feira (16), aos 31 anos, a ginasta Ana Paula Scheffer. A Confederação Brasileira de Ginástico (CBG) informou em nota que a mãe de Ana Paula foi quem a encontrou sem vida pela manhã, em seu quatro.

Publicidade

O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal de Toledo, interior do Paraná, para apuração da causa da morte. “O velório deverá ser realizado apenas na manhã deste sábado (17), a fim de dar tempo para que um irmão, que mora no Canadá, possa estar presente”, informou a CBG. A notícia pegou muitos de surpresa.

Angélica Kvieczynski, ginasta que ocupou o espaço de Ana Paula na seleção brasileira a partir de 2010, compartilhou uma mensagem com os seguidores no Instagram. Ela disse que é difícil descrever os sentimentos e afirmou que o céu ganhou mais uma estrela. As ginastas treinaram juntas por muitos anos.

Publicidade

Publicidade

O Cascavel, equipe onde Ana Paula era treinadora, também fez um post no Instagram reconhecendo os anos de dedicação da atleta e treinadora à equipe. Segundo o Cascavel, Ana Paula construiu uma história de dedicação, esforço, empenho e muito amor. “Scheffer como era carinhosamente chamada deixou um legado de luta e amor”, diz trecho do texto.

Publicidade

Ana Paula Scheffer conquistou a medalha de bronze no aparelho arco nos Jogos Pan-Americanos de 2007, disputados no Rio de Janeiro. Pela seleção brasileira, ela também participou do Pan da modalidade, em 2005, e dos Jogos Sul-Americanos de 2006, em Buenos Aires. Ela também disputou os Jogos Sul-Americanos de Medellin, na Colômbia, em 2010. No anterior, havia disputado o Mundial de Ginástica Ritmica do Japão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!