in

Flamengo perde patrocínio milionário após polêmica entre vice e Landim

O Flamengo perdeu um patrocínio importante para a área de esportes olímpicos. De acordo com informações do colunista Demétrio Vecchioli, do UOL Esporte, a TIM cancelou um contrato de R$ 4 milhões que tinha com o clube rubro-negro.

Publicidade

O próprio colunista divulgou, um pouco mais cedo, que o destino desse dinheiro havia culminado na renúncia do vice-presidente da área, Delano Franco, após divergências com o presidente do clube, Rodolfo Landim. Delano acusa o mandatário do não cumprimento do compromisso verbal de repassar o recurso, do projeto Fla-Vôlei, ao time de vôlei do Sesc-RJ/Flamengo, que está disputando a Superliga Feminina. 

A TIM, por sua vez, prefere não comentar sobre o assunto. A empresa de telefonia tem estampado sua marca nos uniformes dos times grandes de futebol do Rio e paralelamente patrocina times amadores desses mesmos clubes, com recursos oriundos da renúncia fiscal da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte.

Publicidade

Chegando na disputa da Superliga Feminina, o Fla conseguiu fechar um acordo para que a empresa de telefonia injetasse R$ 4 milhões na equipe de vôlei. Apesar da expectativa para a renovação do patrocínio, o clube rubro-negro viu a empresa ser impactada pela crise, obrigando a fusão dos times do Flamengo e do Sesc-RJ.

Publicidade

Atritos

No acerto fechado entre o Flamengo e o técnico Bernadinho, o Rio de Janeiro Vôlei Clube permaneceria federado, contudo a equipe jogaria na Gávea, e utilizaria o uniforme rubro-negro. O cenário acabou gerando atrito entre Bernadinho e o clube carioca. 

Publicidade

O treinador questiona que existia um acerto verbal para a utilização do dinheiro de patrocínio para quitar as dívidas do clube. Delano, que renunciou, deu razão a Bernadinho, e chegou a citar o episódio em sua carte de renúncia. Landim, no entanto, nega que tenha assumido o compromisso. 

Em meio a todo o impasse envolvendo as partes, a TIM enviou uma carta para a Secretaria de Esporte na última semana anunciando que “desistiu de apoiar financeiramente, com o valor R$ 4 milhões, o projeto Fla Vôlei 2020/2021, apresentado pelo Clube de Regatas do Flamengo“, disse Alberto Mario Griselli no comunicado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade