in

Rogério Ceni planeja escalação do Flamengo com surpresa e otimismo toma conta por retornos

Após uma última semana cheia para treinamentos, o Flamengo encerrou nesta segunda-feira (30) a sua preparação para o duelo decisivo contra o Racing, que ocorre amanha (01), no Maracanã, valendo a vaga nas quartas de final da Copa Libertadores.

Publicidade

Tido o embate mais importante para o clube até o momento na temporada, a expectativa para o confronto entre rubro-negros e o time argentino tem agitado os torcedores. 

Aproveitando bastante o tempo precioso que teve à disposição, o técnico Rogério Ceni tentou fazer alguns ajustes e corrigir alguns erros para a equipe não sofrer novamente. De acordo com informações do portal “Gávea News”, no penúltimo treinamento, Ceni utilizou o jovem Noga ao lado de Léo Pereira na defesa. Lincoln chegou a ser acionado no ataque em alguns momentos, contudo, foram apenas testes e não um coletivo.  

Publicidade

Esperança por Rodrigo Caio

Retornando de lesão, o zagueiro Rodrigo Caio trabalhou com bola, e ao que tudo indica deve ser relacionado para o confronto. O jogador será submetido a uma nova avaliação, e caso seja liberado pelo departamento médico pode ficar à disposição de Ceni.

Publicidade

Outro que também deve voltar é Pedro. O jogador vem trabalhando normalmente com os companheiros, e tem grandes chances de reforçar o comando ofensivo do Fla, podendo substituir Gabigol. 

Publicidade

Diante disso, a provável escalação do Flamengo tem: Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique ou Noga), Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro (Lincoln/caso Gabigol não consiga atuar).

Como o primeiro jogo terminou empatado em 1 a 1, o Flamengo joga por um 0 a 0 para avançar. Em caso de repetição do marcador, a disputa vai para as penalidades. Se a igualdade for por dois ou mais tentos, o Racing carimba a classificação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade