in

Renato Portaluppi não esquece críticas e diz se Grêmio é favorito para conquistar títulos

Renato Portaluppi concedeu entrevista coletiva após o Grêmio vencer o Guaraní, do Paraguai, por 2 a 0 (mesmo resultado da primeira partida), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, na noite de ontem, e garantir vaga nas quartas de final da Copa Libertadores da América.

Publicidade

O Grêmio vai encarar o Santos na próxima fase do torneio continental. O duelo brasileiro é aguardado com muita expectativa e coloca frente a frente Renato e Cuca. Após o jogo, Renato disse que o Grêmio não é favorito para conquistar títulos.

Além da Copa Libertadores, o Imortal Tricolor está nas semifinais da Copa do Brasil, onde encara o São Paulo nos dias 23 e 30 de dezembro. No Brasileirão, o Tricolor está na sétima posição, com 37 pontos, e se aproximou dos primeiros colocados do torneio nacional.

Publicidade

“De maneira alguma o Grêmio é favorito para ganhar qualquer tipo de título, até porque eu lembro o que estavam falando da gente há 40, 50 dias atrás”, disse Renato, sem esconder que recorda as críticas que vinha recebendo da imprensa especializada meses atrás.

Publicidade

Renato recordou também que quando o time não estava conquistando vitórias, ele afirmou que as pessoas poderiam ficar tranquilas porque quando todos os jogadores estivessem à disposição, o time cresceria. Foi exatamente isso que aconteceu.

Publicidade

Renato voltou a dizer que nunca deixou o título do Campeonato Brasileiro de lado. O Grêmio não conquista o torneio desde 1996. O treinador finalizou dizendo que vai mudar a equipe, de acordo com o adversário, porque é impossível jogar com a mesma equipe a cada três dias. O calendário está mais apertado do que o normal devido à pandemia do coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!