in

Comprado por R$ 23 milhões, meio-campista está insatisfeito e não descarta saída do Corinthians

No começo desta temporada, o presidente Andrés Sanchez queria fazer história no clube, mudando o esquema de jogo que vinha sendo utilizado há muitos anos. Para isso, o técnico Tiago Nunes foi contratado sob muitas expectativas.

Publicidade

Para dar mais tranquilidade ao até então treinador alvinegro, a diretoria do Timão fez algumas contratações, gerando mais gastos aos cofres do clube. Mesmo assim, a ideia do mandatário alvinegro não foi muito longe.

Tiago Nunes não conseguiu fazer sua equipe desempenhar um bom futebol e acabou sendo demitido. Para consertar seus equívocos, a direção corinthiana optou pela contratação de Vagner Mancini, que colocou ordem e deixou alguns atletas de lado.

Publicidade

Quem perdeu muitas oportunidades com a camisa do Corinthians após a chegada de Mancini foi o meio-campista Ângelo Araos. O jogador foi contratado por cerca de R$ 23 milhões, mas ainda não justificou tal investida.

Publicidade

Desde quando chegou para comandar o Corinthians, Vagner Mancini soma 12 partidas disputadas. O treinador fez diversas mudanças na equipe, incluindo o desempenho tático e alterações em relação à equipe titular.

Publicidade

Durante esse período no comando técnico, tudo indica que Mancini não é um adepto ao futebol de Araos, já que o jogador chileno entrou em apenas uma partida, ficando em campo por apenas quatro minutos.

A situação não agrada ao meio-campista, que tem alto potencial de transferência no mercado, devido a pouca idade. No entanto, caso queira demostrar seu potencial, o atleta deverá seguir seu rumo longe do Parque São Jorge.

De acordo com as informações divulgadas pelo Globo Esporte, o jovem atleta revelou a pessoas próximas, que não entende por qual motivo perdeu prestígio dentro do elenco. Desta forma, sua saída não está descartada.

O contrato de Araos com o Corinthians vai até 2023, mas tudo indica que esse prazo não será cumprido. Existem clubes interessados em sua contratação e a diretoria pode optar por sua saída com o surgimento de uma proposta animadora.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.