in

Após manifestação contra Jair Bolsonaro, Carol Solberg é retaliada por patrocinadores, que dão severa punição

Após se manifestar contra Jair Bolsonaro, Carol Solberg tem sua carreira comprometida, pois perdeu todos os patrocinadores.

Publicidade

Durante uma competição de vôlei, na qual é proibido fazer qualquer tipo de manifestação política, Carol Solberg fez o que não devia e atacou o presidente, porém, acabou recebendo uma punição por sua atitude.

Na ocasião, a atleta gritou Fora Bolsonaro, mas acabou sendo julgada e punida por isso, no entanto, o maior castigo vem agora. A Atleta está sem nenhum patrocínio, pois todos os seus patrocinadores cancelaram o contrato com a jogadora.

Publicidade

Carol Solberg falou sobre a perda de patrocínios

Agora, a jogadora está pagando sua equipe com o próprio dinheiro, afinal, o que mantinha todos ao seu lado era o auxílio que recebia dos patrocinadores, mas sem eles, a jogadora teve que se virar para não perder seu casting.

Publicidade

Em entrevista a Veja Rio, Carol chegou a falar sobre o assunto, no qual disse ter consciência do peso que sua manifestação lhe trouxe, pois teve muitas portas fechadas pelas marcas que não querem se envolver com política.

Publicidade

Carol Solberg foi punida, mas logo depois absolvida

Anteriormente, a atleta havia sido julgada e punidas por sua manifestação, porém, o Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) absolveu a atleta da acusação. Na época da condenação, dada no dia 13 de outubro, Carol havia sido multada em mil reais.

A multa, no entanto, foi convertida em uma advertência. Muitos chegaram a cogitar que ela seria expulsa e proibida de jogar, mas não foi isso que aconteceu. Agora, Carol foca na carreira, mas lutando para sobreviver com seu próprio sustento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.