in

Torcida pressiona, e Julio Casares desiste de primeira contratação de peso

Julio Casares foi recém-eleito presidente do São Paulo e já começou a trabalhar pensando no começo de sua gestão, marcada para o início do ano que vem – ou seja, daqui a alguns dias. Algumas mudanças devem acontecer pelos lados do Morumbi, entre elas a saída do diretor-executivo Raí. O ídolo da torcida não está nos planos de Casares e vai deixar o clube.

Publicidade

O cargo de homem forte do futebol do São Paulo segue aberto para 2021. Havia informações de Julio Casares contrataria Rodrigo Caetano, mas o nome não agradou à torcida são-paulina, que fez pressão nas redes sociais para que a contratação não fosse feita.

A pressão dos torcedores surtiu efeito e Casares parece ter desistido de Rodrigo Caetano. A informação foi divulgada pelo jornalista Jorge Nicola, do Yahoo e da ESPN. O comentarista afirmou que entrou em contato com um dirigente ligado ao São Paulo.

Publicidade

“Não devemos mais fechar com o Rodrigo Caetano”, teria dito esse dirigente. Se isso realmente acontecer, a única explicação possível foi a pressão dos torcedores. Outro fator que pode ter pesado para que o negócio não fosse fechado envolve o lado financeiro.

Publicidade

Rodrigo Caetano teria pedido muito dinheiro para acertar negócio com o São Paulo e comandar o futebol do clube em 2021. Julio Casares teria considerado a pedida muito alta. No momento, a situação está totalmente travada. Se não ocorrer nenhuma reviravolta nas próximas horas, Caetano não deve ser o diretor de futebol do São Paulo. O dirigente é procurado por outras equipes da Série A, como Vasco e Bahia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!