in

Com baixo salário, Fernando Diniz agrada diretoria e pode receber aumento considerável

Fernando Diniz correu sério risco de ser demitido pela diretoria do São Paulo. Hoje, o treinador comanda o time que lidera o Campeonato Brasileiro e pode dar ao Tricolor um título que não é conquistado desde 2008, quando Muricy Ramalho comandava a equipe.

Publicidade

O São Paulo não conquista um título desde 2012, quando venceu a Copa Sul-Americana sob o comando de Ney Franco. Nos últimos anos, a equipe amargou a falta de títulos e viu seus rivais erguerem taças. A torcida está sedenta pelo Brasileirão.

De acordo com o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo e ESPN, a diretoria do São Paulo estaria interessada em alterar o salário de Fernando Diniz. O treinador tem vínculo empregatício em carteira e não há contrato junto ao clube.

Publicidade

Fernando Diniz recebe cerca de R$ 250 mil mensais, valor baixo para o cenário do futebol brasileiro. Jorge Sampaoli, do Atlético-MG, por exemplo, recebe R$ 1,2 milhão. O contrato de Diniz termina no final deste ano. A ideia seria formular um novo contrato.

Publicidade

Neste caso, Fernando Diniz teria alguns benefícios, como o aumento salarial e multa rescisória em caso de demissão. O treinador é bem avaliado pela nova diretoria do Tricolor, agora presidido por Julio Casares. Muricy Ramalho, coordenador de futebol, aprova o comandante. 

Publicidade

Fernando Diniz tem como trunfos a liderança do Brasileirão e o trabalho com os garotos da base. O time titular tem Luan, Igor Gomes, Gabriel Sara e Brenner formados em Cotia. Por tudo isso, o custo-benefício do treinador é muito favorável para a equipe do Morumbi.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!