in

Diretoria do Corinthians perde a paciência e encaminha saída de três jogadores

A torcida corintiana já sabe que o atual elenco não atende às expectativas para brigar na parte de cima da tabela. Isso ficou nítido após uma derrota vexatória para o arquirrival Palmeiras, pelo placar de 4 a 0.

Publicidade

A melhora do Corinthians na disputa do Campeonato Brasileiro se deve muito à chegada de Vagner Mancini, que conseguiu ajustar alguns detalhes e melhorar o desempenho dos jogadores dentro de campo, mas a situação ainda não é favorável.

Para mudar essa situação, o presidente Duílio Monteiro Alves promete realizar uma reformulação dentro do clube ainda neste ano. As mudanças começarão a surtir efeito entre fevereiro e março, com o início da próxima temporada.

Publicidade

Dentre as mudanças prometidas pelo mandatário alvinegro estão as saídas de jogadores. Até o momento, pelo menos três nomes estão com o ‘filme queimado’ dentro do clube. Trata-se de Matheus Davó, Ederson e Jonathan Cafú.

Publicidade

Todos os três jogadores estão em baixa com o técnico Vagner Mancini e dificilmente serão utilizados pelo treinador no restante desta temporada. Com isso, a diretoria vê a oportunidade de enxugar o elenco negociando esses três atletas.

Publicidade

O volante Ederson tem contrato com o Corinthians até 2025 e uma rescisão contratual está totalmente descartada. Sendo assim, apenas propostas por empréstimo ou de compra definitiva podem convencer o Timão a se desfazer do jogador.

Matheus Davó é outro atleta que tem futuro incerto na equipe de Mancini. Ele chegou a ser utilizado como titular, mas caiu de rendimento e já está há cinco partidas sem ser relacionado e sete sem entrar em campo.

O atacante Jonathan Cafú é outro que foi ‘esquecido’ pelo técnico Vagner Mancini. O jogador não é relacionado pelo treinador desde novembro. Desta forma, fica muito nítido que sua saída do clube deve ser o melhor caminho.

Se a diretoria conseguir negociar esses três jogadores, o elenco de Mancini ficará mais enxuto, dando a possibilidade de novos reforços chegarem ao clube. No entanto, qualquer decisão só deve acontecer após o Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.