in

Tragédia no futebol: quem são os jogadores que morreram em acidente de avião

A morte de quatro jogadores e do presidente do Palmas Futebol e Regatas, na manhã deste domingo (24), deixou o futebol de brasileiro de luto. Os cinco morreram em um acidente de avião em uma pista de pouso particular em Luzimangues, no Tocantins. Os mortos foram homenageados com um minuto de silêncio nas partidas do Campeonato Brasileiro.
Clubes também postaram homenagens em suas redes sociais.

Publicidade

No acidente aéreo morreram Lucas Praxedes, Ranule, Marcus Molinari e Guilherme Noé. O presidente do clube, Lucas Meira, e o piloto do avião, Wagner Machado, também morreram. Os jogadores eram jovens e haviam sido contratados neste ano.

Marcus Molinari (foto 1) tinha 23 anos e jogava como atacante. Ele era filho do ex-jogador Marinho, que defendeu o Atlético-MG em 2006. Molinari jogou em clubes como Villa Nova-MG, Santos, Tupi, Ipatinga e chegou ao Palmas nesta temporada.

Publicidade

Guilherme Noé (foto 2) tinha 28 anos e era zagueiro. Ele defendeu o Ipatinga e Tupi antes de chegar ao clube do Tocantins. Lucas Praxedes (foto 4) atuava como lateral-esquerdo. O jovem começou a carreira na Inter de Limeira e passou por Capivariano e Marília, no interior de São Paulo. Antes de chegar ao Palmas, defendeu o Botafogo-PB.

Publicidade

Ranule (foto 5) era goleiro e tinha 27 anos. O jogador começou no Democrata, de Sete Lagoas, No Rio de Janeiro, defendeu o Resende e a Portuguesa-RJ. Chegou ao Palmas neste ano. Lucas Meira (foto 3) era o presidente do clube. Natural de Goiânia, ele tinha apenas 32 anos. Morava em Palmas desde 2007. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!