in

Flamengo mostra interesse em destaque do Brasileirão e pode dar ‘chapéu’ em rivais; negócio é milionário

Protagonista no mercado da bola nos últimos anos, o Flamengo possui um plantel de encher os olhos da torcida. Dono de uma campanha irretocável no ano de 2019, o time da Gávea se reforçou ainda mais para esta temporada, onde ainda pleiteia a disputa pelo título do Brasileirão. Para o ano de 2021, a diretoria rubro-negra promete não “tirar o pé” nas contratações, e está atenta aos bastidores da janela de transferências.

Publicidade

Nos últimos dias, um novo reforço que tem sido cotado para figurar na Gávea é o meio-campista Claudinho, grande destaque na disputa do Brasileirão com a camisa do Red Bull Bragantino. Contudo, para fechar com o jovem jogador que briga pela artilharia do certame nacional e tem encantado muitas equipes, o Flamengo teria que abrir literalmente os cofres.

De acordo com o jornalista Guilherme Frossard, do Globoesporte.com, o time paulista aceita vender a grata revelação por 10 milhões de euros (cerca de R$ 64,5 milhões na cotação atual). Apesar de ter interesse no atleta, os rubro-negros sabem da forte concorrência nacional nas tratativas.

Publicidade

Outros interessados

Além dos cariocas, Grêmio e Atlético-MG já manifestaram desejo de contratar Claudinho. No entanto, nenhuma proposta foi oficializada. Com as cores do Massa Bruta, o meio-campista acumula 45 jogos, tendo marcado 18 gols. 

Publicidade

Antes de despontar para o futebol com as cores do time de Bragança Paulista, o jogador atuou pelo Corinthians em 2016. Quando ainda estava iniciando no futebol, Claudinho também defendeu a base do Santos. 

Publicidade

Clássico decisivo

Brigando diretamente pelo título do Brasileirão, os comandados de Rogério Ceni entram em ação logo mais às 21h (de Brasília), quando encaram o clássico contra o arquirrival Vasco, no Maracanã.

Com 61 tentos somados, o time carioca aparece no segundo posto da tabela, com quatro tentos a menos em relação ao líder Internacional, que também joga nesta quinta-feira (04), contra o Athletico Paranaense, em Curitiba.

Publicidade
Publicidade
Publicidade