in

Diretoria do Palmeiras ‘bate o pé’ e define situação com o atacante Rafael Borré

Em quesito financeiro, o Palmeiras está bem à frente dos seus rivais brasileiros. Por esse motivo, o clube consegue realizar contratações importantes, deixando seu elenco muito mais forte a cada ano que se passa, conquistando novos títulos.

Publicidade

Mesmo tendo muito dinheiro em caixa, a diretoria do Verdão mantém cautela e não planeja realizar investimentos elevados em reforços. O técnico Abel Ferreira está ciente disso e pede apenas reforços pontuais para determinadas posições do elenco.

O treinador português quer reforçar ainda mais o seu setor ofensivo, que atualmente conta com Luiz Adriano de titular. Em busca de um novo nome de peso para a posição, o nome do atacante Rafael Borré surge sob muita expectativa.

Publicidade

As conversas envolvendo o Palmeiras e o atacante do River Plate agitaram muito o mercado nos últimos dias. No entanto, a diretoria do Verdão resolveu acabar com isso e desistiu de sua contratação. Pelo menos é o que informa o site GloboEsporte.com.

Publicidade

O principal motivo que fez o clube alviverde desistir do negócio foram os valores envolvidos. O atacante estava animado com a proposta do clube paulista e sinalizava um possível acerto, mas a diretoria retrocedeu e desistiu do negócio. Isso acontece devido à incerteza sobre a possível paralisação do futebol no Brasil.

Publicidade

Como havia acontecido na temporada passada, as receitas dos clubes brasileiros serão atingidas diretamente com o avanço da pandemia em 2021. Por enquanto, o Campeonato Paulista está paralisado e existe o risco disso acontecer em outras competições, diminuindo os meios de renda das equipes.

No caso do Verdão, a alta cúpula estava prevendo contar com a presença da torcida no estádio a partir do segundo semestre deste ano. Agora, a incerteza vem rondando o clube, que certamente não alcançará a meta de receitas em 2021.

Sem Borré, a estimativa é de que a diretoria alviverde se reúna com o técnico Abel Ferreira para discutir a chegada de um novo nome para o setor. Isso deve acontecer já na próxima semana, quando o treinador deve retornar aos trabalhos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.