in

Surfista morre aos 22 anos após ser atingida por um raio durante treinamento

A jovem surfista Katherine Díaz, de 22 anos, morreu após ser atingida por um raio enquanto treinava em uma praia na região de El Tunco, na capital de El Salvador, na sexta-feira, 19. Díaz era irmã do presidente da federação de surfe do país da América Central, José Díaz.

Publicidade

Enquanto a jovem treinava, uma tempestade começou a se formar na região e ela acabou sendo fatalmente atingida enquanto saia do mar. Através de uma nota oficial, o presidente do Instituto Nacional do Esporte de El Salvador prestou sua solidariedade e lamentou o ocorrido.

Yamil Bukele disse lamentar muito a morte de Katherine Díaz e ressalta se unir com a família neste momento de dor que embarga.

Publicidade

O surfe era a paixão de Katherine Díaz, que iniciou no esporte com apenas 9 anos. Em novembro de 2020, a jovem conseguiu um de seus maiores feitos ao conquistar a categoria Open do circuito de surfe de El Salvador. Além disso, Díaz também participou de diversas competições internacionais, entre elas, o Mundial Júnior em 2012 e 2015, e ainda a etapa do classificatório para o circuito mundial nos anos 2015 e 2016.

Publicidade

Em 2020, Marcos Alexandre Souza Barbosa, de 27 anos, também morreu após ser atingido por um raio. O jovem jogava futebol na chácara da família, no assentamento Água Branca, em Nova Olinda, no norte do Tocantins, quando a fatalidade aconteceu. De acordo com informações passadas por amigos, Marcos estava perto de um cerca quando acabou sendo atingido pelo raio e morreu ainda no local. Marcos não foi o único atingido, outros quatro jovens que também estavam jogando futebol, acabaram atingidos pelo raio, contudo, não sofreram lesões graves.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade