in

Jogador do São Paulo reclama que o clube tá montando ‘time sub-40’ e é repreendido

O São Paulo foi o clube brasileiro que mais se reforçou no mercado de transferências nesse início de temporada. Para a zaga o clube trouxe de volta o ídolo Miranda, de 36 anos e que estava na china. Outro veterano que estava na China é o atacante Éder (34), que chega ao Morumbi após boas passagens pela Internazionale de Milão e Seleção italiana. 

Publicidade

O Tricolor não parou por aí e trouxe do México o meio-campista Willian, que iniciou na base do rival Palmeiras mas construiu sua carreira no exterior. Willian também tem 34 anos e se junta a Reinaldo (31), Hernanes (35) e Daniel Alves (37) como os “trintões” do elenco são paulino. 

A estratégia da diretoria e do treinador Hernán Crespo é deixar o time um pouco mais cascudo, já que faltou experiência na última temporada para segurar uma vantagem de 7 pontos na liderança do campeonato brasileiro. O elenco repleto de garotos acabou não segurando a pressão e terminando a competição em quarto lugar. 

Publicidade

No entanto, essa nova filosofia do clube não deve ter caído no gosto dos atletas da base, que supostamente enfrentarão ainda mais dificuldades para subir para o time profissional. 

Publicidade

Um dos exemplos é o meio-campista do sub-20 Victor Hugo. O jogador foi questionado em suas redes sociais se ele pretendia se tornar titular do São Paulo ou se iria direto pra Europa. O jovem atleta surpreendeu respondendo que será difícil de jogar, já que o clube está montando um time “sub-40”

Publicidade

Victor Hugo foi repreendido pelos torcedores e acabou se retratando dizendo que as pessoas estavam vendo de uma maneira errada. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com