in

Mezut Ozil fica ‘desolado’ com números da pandemia da Covid-19 no Brasil

Mezut Ozil é um dos jogadores mais famosos do mundo. Nasceu na Alemanha, mas tem ascendência turca, onde está jogando pela primeira vez em sua carreira. O talentoso meia criativo está atuando no Fenerbahce, mas ficou incomodado quando percebeu a dimensão da pandemia da Covid-19 no Brasil. Nas redes sociais, o craque demonstrou seu choque perante o número de óbitos em um país onde ele foi tão feliz.

Publicidade

Ozil envia mensagem de força para o Brasil

O antigo internacional alemão não esquece a Copa do Mundo 2014. No Brasil, o craque foi campeão do mundo com sua seleção, momento que ele classifica como um dos mais felizes em sua vida. O jogador lembra ainda as pessoas que ele conheceu durante o torneio, e como ele fica triste sabendo que o país está passando tão mal durante essa pandemia.

Publicidade

O jogador foi nas redes sociais lamentar os números brasileiros na pandemia, mas deixando uma mensagem de força para todos. O momento no Brasil é realmente difícil, quando o número de óbitos diário continua acima dos três mil.

Publicidade

“Fiquei absolutamente chocado e desolado quando me inteirei da situação da Covid-19 no Brasil, onde o pior surto de Covid no mundo está ocorrendo, com mais de 3 mil mortes por dia. Isso no país onde vivi um dos maiores capítulos da minha carreira no futebol, em 2014, e onde conheci tantas pessoas incríveis. Estou com vocês, sigo orando por todos os brasileiros. Desejo a todos muita força e por favor nunca percam as esperanças. Meus sentimentos estão com vocês e espero que as coisas comecem a melhorar em breve”, escreveu o meia Ozil, no Twitter. 

Publicidade

Ozil está atuando na Turquia

Ozil foi um dos mais talentosos jogadores no futebol europeu. Ele tem uma das carreiras mais bonitas no futebol. O alemão de ascendência turca terminou sua formação no Schalke 04, mas foi no Werder Bremen onde ele mais se destacou.

Daí, ele pulou para o Real Madrid, onde foi determinante em várias temporadas. De 2010 a 2013, ele foi um dos melhores entre os ‘blancos’.

Em 2013, ele se mudou para o Arsenal e continuou voando. Ficou sete temporadas no time londrino, mas acabou saindo a mal, na temporada passada. O jogador foi ‘encostado’ pela equipe técnica. Atualmente, está atuando no Fenerbahce e não joga mais pela a seleção da Alemanha. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade