in

Grêmio define novo alvo de impacto para o ataque após desistir de Borré; nome agrada diretoria e foi sondado

Após algumas semanas de agitação em torno de uma possível contratação do atacante Rafael Borré, do River Plate, o Grêmio acabou desistindo oficialmente das tratativas pelo jogador. A demora do colombiano em resolver sua situação e aceitar a proposta ofertada culminaram na decisão do time gaúcho.

Publicidade

Neste cenário, a diretoria do Imortal segue em busca de uma contratação de impacto para agitar o mercado nacional. De acordo com informações do Globoesporte.com, o Tricolor dos Pampas escolheu Soteldo, do Santos, como novo alvo. Apesar do interesse, o Grêmio tem a consciência que tirar o venezuelano do Peixe não será tarefa das mais fáceis. 

Para liberar o atleta, o time paulista exige o pagamento de US$ 5 milhões (R$ 28,54 milhões pela cotação atual) para ceder ter 50% dos direitos do meia-atacante. Em termos comparativos de fatia, as cifras são maiores que o Grêmio ofertou para ter Borré.

Publicidade

Para contratar o colombiano do River, o Grêmio desembolsaria cerca de US$ 6 milhões de luvas (R$ 34,54 milhões, na cotação atual), US$ 2 milhões (R$ 11,51 milhões) de salário por ano e mais bônus por metas no contrato.

Publicidade

Pode complicar

Toda a situação de novela entre Santos e Huachipato, do Chile, clube anterior de Soteldo, acaba figurando como mais um agente complicador para que o Tricolor dos Pampas avance no negócio. 

Publicidade

O Peixe ainda não pagou os chilenos pela transação envolvendo o atleta, e chegou até a ser punido por conta disso. 

Nos bastidores do Grêmio, Soteldo é bem avaliado e conta com apoio da cúpula diretória. No ano passado, o jogador já foi alvo de investidas do presidente Romildo Bolzan, que segue procurando um jogador que tenha um perfil de “chegar para resolver”. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade