in

Vice-presidente do Grêmio bate o martelo sobre possível saída de meia e resposta impacta

Tido como um dos protagonistas no mercado da bola atual, o Grêmio tem buscado reforçar seu elenco visando uma temporada de 2021 vitoriosa. Após garantir a permanência do técnico Renato Gaúcho, o Imortal trouxe o volante Thiago Santos, ex-Palmeiras, e o experiente lateral Rafinha, que estava sem clube após deixar o Olympiacos, da Grécia.

Publicidade

As movimentações do Imortal não se resumem apenas em contratações, mas também em algumas saídas. Sem empolgar, o goleiro Vanderlei já rescindiu seu contrato com o Tricolor dos Pampas. Além de nomes como o do zagueiro David Braz e do lateral Victor Ferraz, também aparecem na lista de possíveis dispensas.

Quem também vive uma situação de incerteza no clube gaúcho é o meia Jean Pyerre. Após se envolver em algumas polêmicas e cair significativamente de produção, o jovem atleta foi perdendo espaço, e diante disso chegou a ser cotado que ele poderia ser utilizado como “moeda de troca”.

Publicidade

Bateu o martelo

Apesar de uma proposta ofertada pelo Fluminense para contratar Jean Pyerre, o vice-presidente do Grêmio, Cláudio Oderich, disse em entrevista à Rádio Bandeirantes que a saída do atleta não é discutida na cúpula diretória.

Publicidade

Frisando o talento do meio-campista, Oderich descartou uma negociação envolvendo o jogador, e aproveitou para rechaçar a informação de que Jean tenha sido oferecido ao Red Bull Bragantino em uma possível negociação envolvendo Claudinho.

Publicidade

“A gente ouviu essa conversa, e o Grêmio não trata desse assunto, deste atleta, o Grêmio entende que é um dos melhores do elenco. Não houve essa negociação e o Grêmio não vai negociar esse atleta”, pontuou o vice-presidente do Imortal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade