in

Custo de Douglas Costa é informado ao Grêmio; Romildo Bolzan fica em estado de alerta

O Grêmio segue atento ao mercado do futebol. O Imortal deseja contratar um jogador que chegue com status de titular absoluto na equipe comandada por Renato Portaluppi, e que ainda seja garoto propaganda do tricolor gaúcho. A diretoria quer qualificar ainda mais o elenco, e após a contratação do lateral-direito Rafinha e do volante Thiago Santos, o Imortal busca uma contratação para o ataque da equipe.

Publicidade

O sonho do Grêmio era o atacante colombiano Santos Borré, entretanto, a negociação com o atleta que atua pelo River Plate (ARG) não avançou. Sem Borré, o Grêmio agora sonha com a repatriação do atacante Douglas Costa, que atualmente está jogando no Bayern de Munique (ALE), mas que pertence a Juventus (ITA).

Douglas Costa já tem 30 anos e possui contrato com a equipe italiana até 30 de junho de 2022. Em uma reunião realizada na última segunda-feira (12), o Conselho de Administração do Grêmio discutiu os valores envolvidos na negociação do atleta e a situação do jogador. Todos os detalhes da reunião foram repassados ao presidente Romildo Bolzan, que entrou em estado de alerta.

Publicidade

Romildo Bolzan foi avisado pelos diretores do clube que Douglas sofre com um alto número de lesões e que o atacante não teve participação em muitos jogos nas últimas temporadas. Assim, o alto escalão gremista avisou a Romildo Bolzan que o custo-benefício de contar com Douglas Costa é arriscado, visto que o atacante recebe 2,5 milhões de reais por mês.

Publicidade

Douglas Costa já possui uma identificação com o Imortal, mas para contar com o atacante, o Grêmio depende que alguns fatores aconteçam, como, por exemplo, a classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade