in

Flamengo busca contratação de meio-campo, mas alto salário afasta jogador do clube

Apesar do Flamengo já possuir um time muito acima da média para  futebol brasileiro, a diretoria do Mais Querido está buscando opções no mercado para melhorar ainda mais o elenco do clube.

Publicidade

O técnico Rogério Ceni não esconde que deseja a contratação de um meio-campo para integrar o time, pois de acordo com o treinador, não há no Flamengo um substituto direto para Arrascaeta e Éverton Ribeiro, os dois pensadores do time.

Rogério Ceni pediu a diretoria um meio-campo com as mesmas características, e Lucas Torreira, que pertence ao Arsenal (ING), foi cogitado e oferecido ao clube. O jogador, atualmente, está emprestado ao Atlético de Madrid (ESP), contudo, pretende retornar para o futebol sul-americano para ficar mais próximo da sua família. Lucas é um jogador jovem e ainda possui um bom mercado na Europa, e seu alto salário afasta o clube carioca do jogador. O meio-campo recebe cerca de 3 milhões de euros por ano (20,4 milhões de reais), o que daria 1,7 milhões por mês.

Publicidade

O Flamengo não quer realizar nenhum esforço financeiro que comprometa as finanças do clube. O salário mais alto do elenco Rubro-Negro atualmente é do atacante Gabigol, mas que não chega aos vencimentos que o meio-campo receberia. Uma das possibilidades do Flamengo contar com o jogador seria se o Arsenal o emprestasse e ainda arcasse com a maior parte do salário de Lucas.

Publicidade

O vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz se mostra atento às possibilidades de mercado para buscar o reforço pedido por Rogério Ceni, entretanto, o Mengão não quer gastar muito. Outro clube brasileiro interessado na contratação de Lucas Torreira é o Grêmio, mas que também esbarra no alto salário do jogador.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade