in

Após fiasco, Renato Gaúcho pode deixar o Grêmio; provável substituto já foi escolhido

Renato Portaluppi é um ídolo do Grêmio, tanto como jogador, quanto treinador. Renato, simplesmente, ganhou quase tudo o que disputou pelo Imortal e atualmente é o treinador com maior período de trabalho no Brasil. Contudo, mesmo com todos esses status, a situação do treinador no Grêmio se encontra complicada após a eliminação na pré-Libertadores pelo Independiente Del Valle (EQU) na última quarta-feira (14).

Publicidade

O treinador não esteve no comando do time, pois testou positivo para Covid-19, contudo, a atuação ruim do clube e a consequente eliminação recai sobre Renato. Internamente, Renato é alvo de cobranças, tanto que a diretoria gremista marcou uma reunião nesta quinta-feira (12) para analisar se o treinador ainda permanecerá no comando técnico do clube.

A reunião contará com a alta cúpula do imortal e será presidida pelo mandatário Romildo Bolzan. O presidente do Imortal defende a permanência de Renato, todavia, já existem dois vice-presidentes que concordam com a saída do treinador. A informação é que a saída de Renato está próxima e a reunião é cercada por um pressão inimaginável.

Publicidade

Vale lembrar que a renovação de Renato em março já foi rodeada de polêmicas, pois alguns membros da diretoria do tricolor se posicionaram contra a permanência do treinador. A decisão deve ser tomada nesta quinta-feira e, caso a saída de Renato seja concretizada, um nome para substitui-lo já ganha força: trata-se de Tiago Nunes. 

Publicidade

Renato Portaluppi já está há quatro anos e meio no comando do Grêmio, se tornando o treinador mais vitorioso do clube, tanto que recebeu uma estatua para homenageá-lo no estádio do clube. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade