in

Romildo Bolzan bate o martelo após dirigente renomado ser oferecido ao Grêmio

O Grêmio conta com um dos elencos mais fortes do Brasil atualmente e iniciou a temporada novamente como forte candidato aos títulos que iria disputar, no entanto, foi eliminado precocemente na Copa Libertadores. A equipe caiu na fase preliminar da competição continental, quando enfrentou o Independiente del Valle.

Publicidade

A eliminação do Grêmio antes mesmo da fase de grupos irá provocar uma mudança no planejamento da equipe, que terá um orçamento menor para trabalhar na temporada. A queda também influencia nas negociações, e um craque que vinha sendo cotado pode ter outro futuro.

Soteldo

O meia-atacante Yeferson Soteldo, do Santos, vem se destacando no futebol brasileiro e entrou na mira do Grêmio. As negociações já vinham desde a desistência do clube em contar com Borré, no entanto, a eliminação na Libertadores pode mudar tudo.

Publicidade

Romildo Bolzan está repensando o planejamento e poderá desistir das investidas no jogador venezuelano. Para tirá-lo do Santos seria necessário algo próximo a 30 milhões de reais. Os salários, por sua vez, estão dentro da realidade da equipe gaúcha.

Publicidade

Alexandre Mattos no Grêmio?

Com novos objetivos na temporada, o Grêmio trabalha também com a possibilidade de trazer novos nomes ao clube e dentre eles estão profissionais para dirigir o futebol. Um dos nomes mais respeitados do Brasil no ramo, Alexandre Mattos foi oferecido ao tricolor gaúcho.

Publicidade

O presidente do clube, Romildo Bolzan, rejeitou o nome mais uma vez. Alexandre Mattos já era possibilidade real na equipe de Porto Alegre em outras oportunidades e sempre foi descartado pelo mandatário do Grêmio.

Publicidade
Publicidade
Publicidade