in

Novo vice-presidente do Grêmio faz pedido à torcida e indica chegada de reforços

Vivenciando um processo de reformulação, o Grêmio apresentou no final da tarde da última terça-feira (20) o novo vice-presidente de futebol. Convidado por Romildo Bolzan para o cargo, Marcos Herrmann bateu um papo com os jogadores do Tricolor e pouco depois concedeu entrevista coletiva à imprensa.

Publicidade

Substituto de Paulo Luz, Herrmann terá a missão de fechar com um novo treinador para a sequência da temporada. Na sua conversa com a imprensa, o diretor elogiou o ex-comandante do Imortal, o técnico Renato Gaúcho, e aproveitou para fazer um pedido à torcida gremista: paciência. 

“Agora é fazer a roda girar, fazer o time jogar. E está jogando. Evidente que temos que melhorar muito. Peço paciência ao torcedor, tenho certeza que vamos construir um futuro bacana”, disse o novo vice-presidente de futebol do Tricolor, revelando ainda a proximidade de um acordo com o técnico Tiago Nunes. 

Publicidade

Reforços

Em função da derrocada precoce na Copa Libertadores, o Grêmio deu uma estacionada na busca por reforços. Apesar desta situação, a direção do Imortal revelou permanecer atenta no mercado para trazer reforços pontuais. 

Publicidade

Herrmann confirmou que o Tricolor segue no encalço de contratações, mas não garantiu que nomes de peso possam ser adquiridos. 

Publicidade

“Temos capacidade de investimento. Alguma coisa, vamos fazer. Não me preocupo em encher aeroporto, me preocupo em aquele atleta que chegar ser aplaudido em dois ou três meses”, disse o diretor, afirmando que o foco é errar o menos possível para se obter o êxito esperado, sem fazer “loucuras” financeiras.

Para a atual temporada, o Grêmio anunciou até o momento dois nomes: o volante Thiago Santos, ex-Palmeiras que estava na MLS, e o experiente lateral-direito Rafinha, que recentemente defendeu o Flamengo, e posteriormente se transferiu para o Olympiacos. Rafinha, inclusive, era um nome desejado por Portaluppi. O próprio atleta já havia manifestado o interesse de trabalhar com o treinador, mas a eliminação na Libertadores inviabilizou as pretensões de ambos.

O Tricolor volta a campo nesta quinta-feira (22), às 19h15 (de Brasília) para enfrentar a La Equidad, em Porto Alegre, em confronto que abre a fase de grupos da Copa Sul-Americana 2021.

Publicidade
Publicidade
Publicidade