in

Soteldo recebe proposta de clube do exterior

Essa temporada poderia marcar o final da história conturbada de Yeferson Soteldo no Santos. O talento venezuelano chegou no Santos em 2019, mas as coisas nem sempre têm sido fáceis nessa relação. O baixinho tem contrato com o Peixe até 2023, mas a história poderia terminar bem antes, agora que o time já recebeu proposta do Toronto FC, segundo o Globo Esporte.

Publicidade

Soteldo pode estar de saída do Santos

Soteldo teria interesse em deixar o Santos pelo time canadense. Porém, a proposta não estaria convencendo totalmente o Santos. Ainda para mais, a saída do craque também fica dependente do Huachipato, que continua detendo parte de seu passe.

De acordo com o Globo Esporte, a proposta do Toronto FC seria de 6 milhões de dólares (R$ 33,1 milhões, aproximadamente) por 75% dos direitos econômicos do jogador venezuelano. Desse dinheiro, o Santos pegaria quatro milhões de dólares, por seus 50% dos direitos do jogador, e dois milhões por 25% dos direitos do Huachipato, time que detém também 50% dos direitos de Soteldo. Então, para essa venda sair, o time chileno precisaria estar de acordo.

Publicidade

Santos pode finalmente resolver imbróglio por Soteldo

Lembrando que as relações entre o Santos e o Huachipato não são as melhores, tendo mesmo uma queixa na FIFA, acusando o Santos de não pagar o valor acordado por Soteldo. Alegadamente, o Santos não pagou ainda nem um centavo dos 3,5 milhões de dólares pelos 50% do passe do jogador. Daí a queixa. O Santos ainda teria tentado devolver o jogador, mas aí foi o próprio craque quem não quis voltar atrás.

Publicidade

“Está demorando mais do que a gente imaginava. Sendo bem objetivo e transparente, tem dois caminhos: ou alguém aparece e compra a nossa parte, sai o nosso transfer ban, e devolvemos o jogador, ou arrumamos 4 milhões de dólares para pagar (para o Huachipato). Tem os dois caminhos, não apareceu nem um, nem outro”, disse o presidente Andres Rueda, recentemente sobre esse tema. Agora, essa proposta do Toronto FC poderia resolver finalmente esse imbróglio.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade