in

Davó explica porque recusou jogar no sub-23 do Corinthians; pressão sobre Mancini aumenta

Radar Esportes / Corinthians TV

O Corinthians precisa apresentar rapidamente uma melhora em seu desempenho dentro de campo. Jogadores utilizados pelo técnico Vagner Mancini não estão dando uma resposta positiva e a pressão sobre o treinador está aumentando ainda mais.

Publicidade

Atualmente, a equipe alvinegra vem encontrando dificuldades para balançar as redes adversárias. Nome de referência do ataque, Jô não rende o esperado e parte da torcida pede sua saída dos titulares. No momento, o único substituto de ofício no elenco é o jovem Cauê.

Quem poderia ajudar a equipe ofensivamente nesse momento era o atacante Matheus Davó. Após um início promissor com a camisa alvinegra, o atleta foi barrado pelo técnico Vagner Mancini. O motivo disso foi a recusa do jogador em defender o time sub-23, mas o próprio Davó se explicou.

Publicidade

Sou um atleta que sei do meu potencial, sei o que posso render e sei onde posso ajudar o time. Depois disso, tive a oportunidade de voltar ao Guarani, não pensei duas vezes, e estou feliz e focado em ajudar o time“, revelou o atacante em entrevista ao GE.

Publicidade

Poucos sabiam do real motivo que fez Matheus Davó trocar o Corinthians pelo Guarani, já que ele vinha desempenhando um bom futebol pelo Timão. No entanto, o motivo polêmico de sua saída foi revelado através da série Acesso Total, do canal SporTV.

Publicidade

O jovem atacante havia chegado ao Timão em 2019, após se destacar atuando pelo próprio Guarani. Em sua curta passagem, ele atuou em oito partidas, sendo titular em cinco delas. Foram dois gols marcados nesse período, contra Internacional e Atlético Mineiro, ambos pelo Brasileirão de 2020.

Davó foi cedido pelo Corinthians ao Guarani através de empréstimo. Até o momento, ele atuou em quatro partidas com a camisa do Bugre. Mesmo com poucas aparições em campo, o jogador conseguiu dar duas assistências para gol aos seus companheiros.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.