in

Romildo Bolzan responde Thiago Neves e diz porque não foi atrás de Gallardo: ‘Sem escrúpulos’

Lucas Uebel / Grêmio

O presidente do Grêmio Romildo Bolzan deu entrevista à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre e falou sobre duas pessoas ligadas ao futebol: o meia Thiago Neves, que passou pelo Imortal Tricolor em 2019, e o treinador Marcelo Gallardo, do River Plate.

Publicidade

Sobre Thiago Neves, o presidente respondeu declaração do jogador, que cutucou o Grêmio em entrevista ao canal do jornalista Alê Oliveira. O meia que jogou no Grêmio no ano passado e não se firmou, criticou o ex-vice-presidente Paulo Luz.

Thiago Neves garantiu ter sido vítima de uma conspiração dentro do Imortal Tricolor. Romildo respondeu que um jogador que atua no Grêmio e não corresponde, deve seguir sua vida e carreira em outro clube. Atualmente, Thiago Neves defende o Sport.

Publicidade

“Não deu certo lá, vai dar certo em outro. Foi um grande jogador. Agora, achar culpados? Isso é um absurdo”, afirmou o mandatário do Grêmio. Bolzan também falou sobre Marcelo Gallardo. Ele garantiu que não foi atrás do treinador após a saída de Renato Portaluppi.

Publicidade

O presidente do Grêmio recordou o jogo do Tricolor contra o River Plate na semifinal da Copa Libertadores de 2018. Os argentinsoa avançaram à semifinal. “River Plate agiu com esperteza, sem escrúpulos, totalmente contra o fair play”, disse Romildo Bolzan. Tiago Nunes foi o treinador contratado pelo Grêmio e terá a missão de comandar a equipe na Copa Sul-Americana, Campeonato Gaúcho, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro – torneio que deve ser o foco da equipe na atual temporada e que não é conquistado desde 1996.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!